22 junho 2015

Dicas para evitar bloqueio criativo e como escrever melhor

        Inspiração existe, mas ela precisa te encontrar trabalhando.(Picasso)
Pra quem também escreve, tanto pra um blog, como por hobbie ou profissionalmente sabe como é difícil pôr algo no papel quando se está com bloqueio criativo. Então esse Post tanto vai servir pra você poder escrever melhor, quanto para inspiração.
      Uma coisa que eu aprendi como blogueira é que nada vem do céu como chuva, nem mesmos os seguidores tão desejados do seu blog,ou as visualizações, a inspiração que você precisa, nem mesmo a água que você quer mas tem preguiça de ir até a geladeira pegar, vai por mim. Pois se quiser algo, tire essa bunda gorda(brinks ahsuah) da cadeira e vá fazer você mesmo. 
1_Leia muito Fico me perguntando se vocês já ouviram falar de um escritor que não ler muito, ou que simplesmente não ler, é até meio difícil de se acreditar (rsrs). Então imagina que você esteja desanimada(o), com ou sem tempo mas desanimada, parou de ler, bloqueio criativo, e sem postar no blog. O fato de você ter parado de ler, ou não está lendo mais com tanta regularidade pode muito bem influenciar um tanto, digo isso por que aconteceu comigo e eu não sabia por que. 

2_Pratique  Vamos dizer que você leu esse post e vários outros posts de blogs diferentes sem parar, se você não praticar, é o mesmo que não ter lido nada. Tente não ficar horas olhando pro seu computador sem fazer nada, ou com a caneta na mão com uma folha em branco, apenas escreva o que der na mente, essa pequena ideia insignificante pode muito bem resultar em algo grande, apenas deixe as coisas fluírem naturalmente, o que você tem em mente? Pode ser uma receita, um diálogo, algo que te aconteceu, uma tristeza, um tutorial de como fazer gelo, apenas desabafe com as palavras.

3_ Escute suas músicas favoritas  Pode não parecer mas isso pode te ajudar muito, sabe aquela música que quando começa a tocar seu coração dispara? Essa mesma. Sabe aquela música antiga e nostálgica que você amava antigamente? Pode ajudar muito. Apenas busque inspiração em cada trecho e deixe aquela sua parte favorita da música te guiar. Se precisarem, posso criar uma playlist com as minhas favoritas com direito a legenda.

4_Procure sua fonte de felicidade  O que? Isso já virou um post de auto- ajuda? Talvez. Mas vamos combinar que quando você está triste, enterrado, deprimido, desanimado, na base do tanto faz, até a vontade de escrever desaparece. Então, procure o seu sol no meio de tanta escuridão, apenas aquelas pequenas ações que te roubam um sorriso pode ajudar muito, um bom dia, um abraço, um chocolate, um favor, um convite, um bilhetinho. Encontre a si mesmo.

5_Leia outros blogs  Sabe quando você adora quando um(a) leitor(a) novo(a) visita o seu blog? Por que não fazer o mesmo? Há vários blogs maravilhosos por aí que você ainda não conhece, te esperando para uma amizade sincera de comentários, por que é esse o relacionamento de blogueiras e leitores. Por que não vai descobrir como as outras blogueiras pensam, organizam e se dão com seus blogs? 

E se ainda precisarem de mais inspirações ou dicas podem dá uma olhadinha nesse post aqui.


                                                  FACEBOOK                    TWITTER

4 comentários:

  1. Amei o seu texto e suas dicas! É assim que se começa!
    Uma sugestão: se você quiser ir praticando sua escrita, te sugiro a escrever histórias nesse site: www.wattpad.com e seja feliz! (me add lá: https://www.wattpad.com/user/monidieli) :D

    Beijos invernode1996.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Amanda!
    Adorei as suas dicas e a maneira como você descreveu e tentou explicar cada uma.
    Eu uso bastante o "escute suas músicas preferidas" e "procure a sua fonte de felicidade", mas, se a felicidade estiver difícil eu encontro alguma coisa na própria tristeza que acaba virando um post ou um poema.

    Um beijo,
    Blog “A escrita e eu”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Jheniffer <3 Que bom que gostou :3 Obrigada pelo comentário, um beijo.

      Excluir

©
Winter Birds - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Vitória.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo